ENSINO RELIGIOSO E FORMAÇÃO DOCENTE: narrativa de professoras

Raimundo Márcio Mota de Castro, Sueli Teresinha de Abreu Bernardes

Resumo


Muitos teóricos apontam as dificuldades impostas pela ausência de uma tradição disciplinar no campo da educação, o que gera debates, possibilidades e limites quando se busca refletir seu pensamento e efetivação prática. Se em toda tradição educacional aponta-se para estas dificuldades, maior ainda se torna o problema quando se busca pensar partes do pensamento educacional e a construção epistemológica das disciplinas que compõem o arcabouço do sistema educativo do país. A tarefa de pensar a educação torna-se desta forma, um exercício complexo.
Quando se pensa a educação, se pode pensar nas mais diversas matizes, que vão da escola ao professor, do aluno ao currículo, da necessidade deste ou daquele campo do conhecimento as correntes pedagógicas que se entrelaçam, se opõem ou até, se complementam. Não é missão fácil pensar a educação. Pois se trata de uma complexidade de entrelaçamentos que se modificam ligeiramente num mundo mais sagaz, ainda, quando o assunto é mudança.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.