FORMAÇÃO DE PROFESSORES E AS TICs

Lúcia Helena Nunes Junqueira, Sálua Cecílio

Resumo


Neste artigo discute-se a formação dos professores para o uso dos computadores em escolas municipais Uberaba/MG. A investigação parte do pressuposto de que o uso pedagógico dos computadores na escola oportuniza a alteração da qualidade do processo educativo. O objetivo é analisar o tipo de formação oferecida e os significados do uso do computador na sala de aula. Em uma abordagem qualitativa, a metodologia incluiu pesquisa bibliográfica, estudos documentais e empíricos sobre a implantação de recursos tecnológicos em três escolas da rede municipal de ensino. A coleta de dados se deu a partir da aplicação de questionários e entrevistas a professores e coordenadores de unidades escolares de Uberaba-MG. O referencial teórico para a compreensão da Educação na sociedade em rede apoiou-se em Moran, Masetto, Behrens, Takahashi, Levy, Barreto e Kenski para análise da Formação de professores e o uso do computador na escola, recorremos ao pensamento de Moreira, Kramer, Barreto, Guimarães, Magalhães, Mercado, Leher, Cruz e Schön. A análise dos dados mostrou que, mediante os processos de formação vividos pelos docentes e a incorporação individual das tecnologias, ocorre uma construção dos significados relacionada ao seu uso, como ferramenta complementar ao processo pedagógico. Conclui-se que, de modo geral, os professores apresentam certa resistência ao uso do computador e ainda não exploram suas possibilidades, de forma a incorporá-lo à situação de ensino como agente facilitador da aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.