EDUCAÇÃO PARA AS VIRTUDES

Almiro Schulz

Resumo


Já por alguns anos, desenvolvemos estudos sobre educação e ética. Uma das questões que nos inquieta é até que ponto a ausência de um enfoque mais claro e objetivo voltado para a formação das virtudes, seja co-responsável por aspectos da desordem social nos vários níveis em que nos encontramos. Será que a educação voltada para a informação, a instrumentalização, para a aquisição de um mero conhecimento, um mero saber, em detrimento da formação das virtudes, para o modo de ser, não seja um fator condicionante da prática do mal? Ou ainda, a confiança depositada no conhecimento das normas, das leis objetivas, para reger e controlar as relações na convivência social, não seja o suficiente para a convivência social? Saber não garante o fazer. Esses são alguns questionamentos subjacentes da abordagem à qual o texto se propõe.
O texto é resultado de uma revisão bibliográfica sobre o assunto, principalmente dos autores que fazem uma abordagem mais específica. Fez-se uma leitura, reflexão e análise comparativa entre várias perspectivas que perpassam o quesito da formação das virtudes. Porém, não nos propomos a analisar e comparar todas as teorizações sobre o assunto, isso demanda mais tempo e extensão do texto.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.