FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL MÉDIO EM ENFERMAGEM: CONCEPÇÕES CURRICULARES

Mônica Caldeira Medeiros Freitas, Gustavo Araújo Batista, Vanessa Ferreira Silva

Resumo


O presente trabalho está sendo desenvolvido no Programa de Mestrado em Educação na linha de pesquisa Cultura e Processos Educativos. Propõe-se investigar a conjuntura da formação dos profissionais de nível médio em enfermagem (técnicos e auxiliares) a partir do currículo. A questão central deste trabalho consiste em estudar a trajetória das concepções curriculares da Escola Técnica de Saúde da Universidade Federal de Uberlândia (ESTES/UFU), desde 1973, quando da criação desta instituição escolar, até os dias atuais. Esta pesquisa se caracteriza como teórica, bibliográfica e documental, com abordagem qualitativa. Optou-se pela adoção do materialismo histórico-dialético na versão do filósofo Lucien Goldmann (1979). A escolha por tal tipo de fundamentação teórico-metodológica é pelo fato de que ela possibilitará uma compreensão abrangente das concepções curriculares da ESTES/UFU. A análise teórica é fundamentada em autores como Sacristán (2008), Gómez (2007), Silva (2011), Candau (2008), Moreira (2008), que discutem a questão das concepções curriculares. Com isso será um subsídio para com a produção de conhecimento sobre a formação profissional de nível médio em enfermagem.

Palavras-chave: Educação. Concepções curriculares. Formação Profissional.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.