APORTES DA FILOSOFIA E DA EDUCAÇÃO PARA PENSAR A FORMAÇÃO DO SUJEITO-PROFESSOR

Marilene Dias de Menezes Campos, Sueli Teresinha de Abreu Bernardes

Resumo


Este trabalho é um recorte da fundamentação teórica de uma pesquisa para dissertação de mestrado, e integra-se à Rede de Pesquisadores sobre os Professores da Região Centro-Oeste – REDECENTRO. Com o propósito de entender o sentido de formação do sujeito, segundo Bachelard, e a formação de professores, sob a análise de Maria Isabel da Cunha, este estudo pretende apresentar os pontos de convergência de ambos os autores e o impacto deles na discussão sobre o tema.
Por tratar-se de um trabalho teórico, com propósito de fundamentação para uma dissertação no contexto do “Estado da Arte”, a metodologia se restringiu a selecionar dentre as inúmeras obras (livros, artigos, resumos) de Gaston Bachelard e Maria Isabel da Cunha, aquelas que melhor se enquadravam ao tema “formação”, em especial à formação docente. Desse modo, foram escolhidos: “A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento” (1996) e “O novo espírito científico” (2008) de Gaston Bachelard, e “Trajetórias e lugares de formação da docência universitária: da perspectiva individual ao espaço institucional” (2010) e “O professor universitário na transição de paradigmas” (2005) de Maria Isabel da Cunha. Foi realizado um fichamento de cada obra e com base nas informações adquiridas estruturou-se esse trabalho.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.