A VIOLÊNCIA INSTITUCIONAL E AS MANIFESTAÇÕES DE VIOLÊNCIA ENTRE PARES NO AMBIENTE ESCOLAR

Fernanda Telles Marques, Diego Vitorino de Morais

Resumo


A violência escolar, que envolve a violência da escola e manifestações de violência na escola, chegou à primeira década do século XXI passando de expressão de dificuldades individuais de relacionamento interpessoal e grupal a
questão de saúde pública. Animosidades permeando relações verticais e horizontais, abusos e omissões do poder institucional, assédio moral e mobbing entre professores, mobbing, bullying e cyberbullying entre alunos, agressões entre adultos responsáveis por crianças em conflito, atos de vandalismo, e o aguçamento da judicialização da educação escolar e familiar, estão entre os elementos que dão
visibilidade a um problema que também envolve ingerências, intransigências para com as diferenças e disposição para a negação da alteridade.
Considerando a seriedade do quadro mencionado, o presente trabalho, que envolve resultados parciais de uma pesquisa mais ampla em desenvolvimento no Programa de Mestrado em Educação da UNIUBE¹, propõe a problematização das
relações existentes entre a violência institucional e as manifestações de violência entre pares ocorridas no cotidiano de uma escola pública do Ensino Fundamental da cidade de Uberaba, MG.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.