DE DOCUMENTOS EM ARQUIVOS AOS ARQUIVOS DA MEMÓRIA: HISTÓRIAS DE VIDA E EDUCAÇÃO POPULAR

Tiago Zanqueta de Souza, Valéria Oliveira de Vasconcelos

Resumo


Este trabalho é parte integrante da pesquisa em andamento, intitulada “Arquivos da História e Histórias de Vida: diálogos com a Educação Popular”, que tem como tema as histórias de vida de negros escravizados da região de Uberaba.
Essas histórias estão contidas nos arquivos do Arquivo Público de Uberaba - no que se refere aos registros da escravidão - e também na memória de descendentes de escravos, que trazem viva sua história, mas em chamas apagadas pelas linhas do tempo.
Na perspectiva de resgatar histórias desses negros escravizados, nasce a justificativa da presente pesquisa, pois o que se percebe nos arquivos da história e nas histórias de vida é um esvaziamento dos elementos culturais de sustentação da
identidade do povo, ou mesmo grupo, além do  enfraquecimento das bases sociais da reprodução da sua cultura, o que contribuiu para reduzir as condições próprias
para o trabalho político de sua luta (BRANDÃO, 1985).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.