A ANÁLISE DO ERRO COMO PRINCÍPIO NORTEADOR DO PROCESSO DE INTERVENÇÃO DIDÁTICA NO ENSINO DE EQUAÇÕES

Angela Cristina dos Santos, Éderson de Oliveira Passos, Márcia Aparecida Mendes

Resumo


No campo educacional um dos assuntos mais discutidos atualmente é a “Avaliação”. Esse tema além de relevante é polêmico, pois engloba várias linhas de investigação entre elas a importância da análise do erro para o processo de ensino aprendizagem. Por isso, nesse trabalho apresentaremos o erro como uma possibilidade de intervenção didática, a partir de uma concepção construtivista.
Historicamente, o erro tem uma concepção negativa no ambiente escolar. Essa concepção, segundo Luckesi (2001) faz com que carreguemos sentimentos de culpa sempre que erramos ou praticamos algo fora do padrão. Nesse sentido, o erro em qualquer situação e, em particular no ambiente escolar, devem ser evitados.
Ressaltamos que ao descartar o erro sem apreciar quais fatores induziram o aluno a ele, é desconsiderar uma multiplicidade de situações que possibilitam ao educador confrontar-se com conhecimentos prévios do aluno, trabalhar com a revisão de conceitos e o exercício de argumentação.

Texto completo: PDF

Apontamentos