ANÁLISE DAS TECNOLOGIAS E SUAS IMPLICAÇÕES DE DEPENDÊNCIA PARA O HOMEM POR INTERMÉDIO DAS REFLEXÕES DE HEIDEGGER

Djalma Gonçalves Pereira

Resumo


Serenidade é o resultado do discurso de Martins Heidegger em 1955 em comemoração ao aniversário de 175 anos do compositor alemão Conradin Kreutzar.
Em seu discurso Heidegger destaca a importância do pensamento, inclusive nas comemorações, pois afirma que sem o pensamento não há comemoração verdadeira, porque pensar é meditar.
Para Heidegger as coisas que fazem parte de uma  comemoração não tem sentido sem a meditação sobre tudo que diz respeito a ela. Nem sempre as comemorações nos levam a uma meditação, Heidegger conclui que o motivo disso é a pobreza de pensamento do homem moderno, pois
tornou-se pobre-em-pensamento.
Em serenidade, Heidegger reflete sobre a essência da técnica moderna e mostra a necessidade de recuperar o que ele define como pensamento meditativo.
Devemos destacar que esse posicionamento de Heidegger não nega a técnica, mas nos leva a repensar a relação do ser humano com a ela.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.