DESDOBRAMENTOS EPISTEMOLÓGICOS E PEDAGÓGICOS DA INTERDISCIPLINARIDADE ENQUANTO PRINCÍPIO ARTICULADOR DO ENSINO E DA APRENDIZAGEM.

Geraldo Gonçalves de Lima, Ana Keila Enes Andrade, Analza Pinto Oliveira

Resumo


A questão da interdisciplinaridade está presente no meio acadêmico, enquanto questão teórica relacionada ao conhecimento humano e suas implicações no processo do ensino e da aprendizagem. Este trabalho tem por objetivo geral empreender uma (re)discussão do conceito de interdisciplinaridade enquanto princípio articulador do processo de ensino e de aprendizagem no cotidiano educacional. Foi desenvolvido com o intuito de responder à questão: quais os fundamentos epistemológicos e pedagógicos da interdisciplinaridade enquanto princípio articular do ensino e da aprendizagem? Por meio da abordagem qualitativa, foi desenvolvida uma pesquisa bibliográfica com o intuito de levantamento das principais questões teóricas da interdisciplinaridade. Logo, a interdisciplinaridade deve ser considerada, tendo em vista o desenvolvimento de um ensino eficaz, eficiente, assumida como finalidade a aprendizagem significativa, diante do acúmulo crescente de informações.

Texto completo:

PDF

Referências


FAZENDA, I. C. A. Interdisciplinaridade – Transdisciplinaridade: visões culturais e epistemológicas. In: FAZENDA, I. C. A. (org.). O que é interdisciplinaridade? São Paulo: Cortez, 2008.

GADOTTI, M. Programa MOVA-SP: proposta, princípios políticos e procedimentos metodológicos.São Paulo: IPF, 2004.

GIL, A. C. Como elaborar Projetos de Pesquisas. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GUSDORF, G. La parole. Paris: Presses Universitaires de France, 1952.

JAPIASSÚ, H. Interdisciplinaridade e do saber. Rio de Janeiro: Imago, 1976.

MINAYO, M. C. S. (org.). Pesquisa Social: teoria, método e criatividade. Petrópolis, RJ: Vozes, 2001.

MORIN, E. Educação e complexidade os sete saberes e outros ensaios. Trad. de Edgard de Assis Carvalho. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

PIAGET, J. Para onde vai a educação?. Rio de Janeiro: José Olympio, 1973.

POMBO, O. Interdisciplinaridade: Ambições e limites. Lisboa: Relógio d’Água, 2004.

THIESEN, J. da S. A interdisciplinaridade como um movimento de articulação no processo ensino-aprendizagem. PerCursos: Florianópolis, v. 8, n. 1, p. 87-102, jan. / jun. 2007. Disponível em:. Acesso em: 8 out. 2016.




DOI: https://doi.org/10.31496/rpd.v16i35.1120

Apontamentos

  • Não há apontamentos.