A EVASÃO ESCOLAR NO ENSINO MÉDIO: UM ESTUDO DE CASO

Santos Dias Batista, Alexsandra Matos Souza, Júlia Maria da Silva Oliveira

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar, descrever e compreender, a partir da percepção dos discentes e docentes, o fenômeno da evasão escolar. Optamos por uma abordagem qualitativa, do tipo estudo de caso. Os participantes da pesquisa foram 25 alunos do 1° ano do Ensino Médio, do turno noturno e 10 docentes que ministraram aulas nessas classes, no Colégio Estadual de Ilhéus. Empregamos como instrumento para coleta dos dados, a entrevista semi-estruturada. Verificamos que apesar dos importantes avanços e conquistas materializados na educação básica, o problema da evasão escolar persiste entre os jovens e adultos que estão no ensino médio, sobretudo no espaço pesquisado. Esse problema têm causas distintas e diversificadas, no entanto os participantes dessa pesquisa enfatizaram as condições socioeconômicas como um dos principais fatores que os conduziram a abandonarem a escola. Concluímos que a escola continua distante de responder aos anseios dos jovens e adultos que a buscam, bem como o Estado não efetiva políticas públicas eficazes que possam garantir melhores condições de trabalho para os docentes que nela atuam.


Palavras-Chave: Educação. Ensino médio. Evasão escolar.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.31496/rpd.v9i19.229

Apontamentos

  • Não há apontamentos.