PROGRAMA MAIS EDUCAÇÃO: UMA REFLEXÃO SOBRE O MANUAL PROPOSTO COMO SUBSÍDIO PARA IMPLANTAÇÃO DA RÁDIO ESCOLAR

Luís Fernando Ribeiro de Oliveira

Resumo


Este artigo faz um recorte da pesquisa, que neste momento, está sendo realizada no Programa de Mestrado da Universidade de Uberaba – MG, com o título: Vozario no ar: poder simbólico e reprodução, uma análise das relações que envolvem o projeto rádio escola. Um dos vértices dessa pesquisa foi concebido com a intenção de compreender porque as escolas uberabenses estão encontrando dificuldades na implantação do Programa do Governo Federal – Mais Educação – especificamente, o macrocampo educomunicação dentro da atividade rádio escolar, uma vez que existe um subsídio conhecido como Manual Passo a Passo para implantação do programa em ambiente escolar. Para esta pesquisa a Escola Estadual Frei Leopoldo de Castelnuovo foi escolhida por ser a primeira rádio escola a iniciar o processo de implantação pós-lançamento do programa na cidade de Uberaba. Para tanto, utilizou-se as pesquisas bibliográfica e documental para comparar a proposta sugerida pelo Ministério da Educação com as propostas que vêm sendo sugeridas através de um vasto arcabouço teórico sobre o tema. Além disso, uma entrevista livre foi feita com os gestores da escola para comprovar, ou não, os resultados obtidos. Tal comparação foi realizada mediante o conceito de educomunicação proposto por Mario Kaplún (1998), apoiado nas teorias de Paulo Freire (1969), Ismar Soares (1999) e outros. O presente trabalho identifica irregularidades no manual passo a passo, sugerido pelo MEC, tanto na compreensão do conceito de educomunicação quanto na sua aplicabilidade provocando, assim, um colapso na implantação e manutenção do programa do governo.

 

Palavras-chave: Políticas Públicas; Manual; Educomunicação.


Texto completo: PDF

Apontamentos