MEDIAÇÃO E POLÍTICAS EDUCACIONAIS: UM ESTUDO NO CURSO DE PEDAGOGIA EAD

Márcia Guimarães Oliveira de Souza, Marilene Ribeiro Resende

Resumo


O presente artigo situado dentro da problemática da educação a distância e da mediação didático-pedagógica, na perspectiva histórico-cultural, traz os resultados da pesquisa documental realizada nos cursos de Pedagogia–EaD, em duas Instituições de Ensino Superior da região do Triângulo Mineiro. O estudo incluiu a análise de documentos, tais como: Leis de Diretrizes e Bases para a Educação Nacional, Referenciais de Qualidade para a Educação a Distância, Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de Pedagogia, o Projeto Pedagógico dos cursos. O objetivo desse estudo foi analisar como a mediação e a organização das atividades está pensada nestes documentos, uma vez que temos a mediação didático-pedagógica como objeto deste estudo. Foram constatadas incongruências entre o proposto e o realizado. A abordagem sócio-histórica, assim como a interdisciplinar anunciadas nos documentos, especialmente nos Projetos Pedagógicos dos cursos, não se sustentam em práticas em que a interação, a colaboração, o diálogo estão pouco presentes. O desenho didático dos cursos não prioriza a relação com o outro nas interfaces do processo educativo. Necessário se faz ampliar o estudo, o debate, as discussões acerca dessa modalidade e das possibilidades de melhoria da qualidade educacional, no âmbito das instituições que oferecem cursos EaD.

Palavras-chave: Formação de pedagogos. Pesquisa documental. Mediação didático-pedagógica. Interação.


Texto completo: PDF

Apontamentos