TRABALHO DOCENTE E QUALIDADE DE VIDA

Briana Manzan Reis

Resumo


O trabalho docente está sujeito aos novos contextos de trabalho do mundo moderno, às legislações que o regulam e a ordens a serem cumpridas, mesmo que a contragosto de quem trabalha. As condições de trabalho, vida e saúde do docente apresentaram mudanças, no que diz respeito às cobranças e ao de desempenho de suas tarefas. O objetivo desta pesquisa é compreender as relações entre a saúde, vida pessoal, tecnologias e trabalho docente, a partir dos referenciais teóricos de Dal Rosso (2008), Martinez; Vitta; Lopes (2009), Duarte; Augusto, (2007) e Bardin (1979). O estudo, de abordagem qualitativa, incluiu pesquisa bibliográfica e de campo, com realização de entrevistas semiestruturadas com professores de uma universidade particular situada em Minas Gerais, na região do Triângulo Mineiro, centradas nas temáticas trabalho, saúde e vida. Os resultados evidenciaram que a docência ocupa grande parte do tempo na vida desses profissionais, na maioria das vezes e até mais do que eles gostariam. C consequentemente, devido ao pouco tempo destinado para cuidar de si, isso pode acarretar problemas para sua saúde. . Para sobreviver como docentes, os professores tendem a dedicar mais tempo à profissão e menos tempo à saúde e à vida pessoal. Daí podem vir a desenvolver doenças e afastarem-se do contato social, por não poderem desfrutar de uma boa qualidade de vida.

Palavras-chave: Trabalho docente. Vida pessoal. Saúde e docência. Tecnologias digitais.

Texto completo: PDF

Apontamentos