O PROCESSO DE CONSTRUÇÃO DA PESQUISA SOB O ENFOQUE DA TEORIA HISTÓRICO-CULTURAL: PERSPECTIVA INTEGRADORA DE ANÁLISE DA DOCÊNCIA UNIVERSITÁRIA

Walêska Deyse Dias de Sousa

Resumo


Pesquisa de doutorado em andamento realizada no âmbito do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de Uberlândia – UFU que objetiva diagnosticar, analisar e intervir na docência desenvolvida por professores universitários que atuam numa universidade pública brasileira. A intervenção se dará por meio de um processo formativo fundamentado na teoria histórico-cultural. Tal teoria tem entre seus fundamentos, o entendimento de que questões materiais como condições de trabalho, formação teórico-prático, entre outros, influenciam as atitudes dos sujeitos e os modos concretos pelos quais eles pensam, interiorizam, personalizam e concretizam seu fazer docente. Em outras palavras, os docentes desenvolvem-se na profissão por meio de forças contraditórias e dialéticas que se originam de elementos externos que vão sendo interiorizados ao longo da sua vida profissional e que, portanto, precisam ser analisados de modo interdependente no seu processo permanente de desenvolvimento. Neste artigo, que corresponde a uma etapa do trabalho de pesquisa, serão apresentados fundamentos teórico-metodológicos utilizados para sistematizar o diagnóstico do contexto da pesquisa. Tal diagnóstico foi feito por meio da utilização dos seguintes instrumentos metodológicos: entrevista reflexiva, questionário de identificação, observação de aulas e análise de documentos. Como resultados, confirma-se que os postulados da teoria histórico-cultural são promissores do ponto de vista teórico e prático e podem contribuir para avanços concretos na melhoria da qualidade de ensino que se desenvolve nas universidades brasileiras.

Palavras-chave: Docência universitária. Teoria histórico-cultural. Didática desenvolvimental. Formação de professores.


Texto completo: PDF

Apontamentos