O PORTFÓLIO NA EAD: UM ESTUDO DAS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DOS LICENCIANDOS EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Ricardo Baratella

Resumo


Há muito se tem falado sobre as vantagens do Portfólio como um instrumento formativo de avaliação da aprendizagem, mas sabemos que as indagações acerca de como ocorre a sua construção ainda são questões pouco discutidas. Essa pesquisa trata-se de um estudo sobre o Portfólio na EAD: um estudo das representações sociais dos licenciandos em Ciências Biológicas. Os sujeitos da pesquisa foram 150 alunos do curso de Ciências Biológicas, na modalidade EAD, que estavam cursando as etapas finais da sua formação. O trabalho tinha como objetivo identificar e analisar as Representações Sociais que os alunos do curso de Ciências Biológicas, na modalidade a distância, de uma Universidade mineira, estavam construindo sobre a realização do Portfólio como instrumento de avaliação formativa. A investigação envolveu pesquisa bibliográfica e pesquisa de campo. A pesquisa bibliográfica abordou os temas: Teoria das Representações Sociais e do Núcleo Central; Portfólio; Educação a Distância e Avaliação formativa. A coleta dos dados incluiu a aplicação de um questionário e a técnica de Associações Livres de Palavras, tratadas pelo software EVOC, que busca identificar, nas representações, os elementos centrais e periféricos. As análises, de caráter descritivo, incluíram também o cálculo de medidas estatísticas em situações que fossem possíveis. Concluindo, podemos dizer que, para a maioria dos sujeitos (87,33%), a construção do Portfólio no curso de Ciências Biológicas da Universidade mineira apresenta elementos que o caracteriza como instrumento de avaliação formativa, enquanto a minoria (12,67%) o consideram como um instrumento difícil de ser construído e desnecessário.

Palavras-chave: Portfólio. Avaliação formativa. Educação a Distância. Teoria das Representações Sociais e do Núcleo Central


Texto completo: PDF

Apontamentos