PROEJA – PROGRAMA NACIONAL DE INTEGRAÇÃO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL COM A EDUCAÇÃO BÁSICA NA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Elton Antônio Alves Pereira

Resumo


Este texto tem como tema o Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA), trazendo as contribuições de Aranha (2003), Machado (2006), Arroyo, Soares e Frigotto (2005). O objetivo é analisar e compreender os princípios e diretrizes básicas para implantação do programa dedicado a oferta de cursos para a educação de jovens e adultos (EJA) que integram educação básica e educação profissional. Parte-se da questão: o que é o PROEJA, suas diretrizes básicas e os desafios para implantação? Os estudos realizados permitem afirmar que o programa tem o objetivo de ofertar, as classes trabalhadoras que anteriormente tiveram seus direitos à educação negligenciada pela sociedade, vagas, acesso e garantia de permanência nos sistemas educacionais visando à formação técnica e humana por meio da valorização do conhecimento acadêmico aliado ao conhecimento e experiência de cada indivíduo. Espera-se que esses novos conhecimentos sejam capazes de transformar a realidade social que é posta a esses estudantes e que possibilite a migração de uma atividade para outra na busca de novas oportunidades e inserções no mercado de trabalho. Para que se alcance o sucesso no PROEJA deve-se priorizar as articulações entre governos municipais, estadual e federal, as parcerias entre instituições públicas e privadas, as estratégias dos gestores escolares, a estrutura física adequada, o atendimento administrativo de qualidade e professores capacitados que reconheçam as particularidades do público e que saibam lidar com as diferentes realidades que são expostas em sala de aula.

Palavras-chave: Proeja. Educação Profissional. Educação de Jovens e Adultos.


Texto completo: PDF

Apontamentos