CÉLESTIN FREINET:O PAPEL DO PROFESSOR EM SUA PROPOSTA DE UMA PEDAGOGIA POPULAR

Michele Cristine da Cruz Costa

Resumo


Enquanto recorte da dissertação de mestrado que venho produzindo, na qual busco analisar nas obras de Célestin Freinet, sua concepção de homem, educação e sociedade, procurando contextualizá-las na sociedade européia na primeira metade do século XX. Tendo ainda como objetivo de investigar, através de seus ideais educacionais, a concepção de infância; o papel do professor no processo ensino-aprendizagem; a sua relação com as contradições da ideologia liberal e, com o próprio movimento escolanovista, o presente artigo expõe o pensamento de Célestin Freinet, especificamente no que diz respeito a sua concepção de professor, mostrando que seus ideais apontam para uma concepção de sociedade e de ser humano na qual a defesa e o respeito à individualidade da criança vem contribuir para a formação de indivíduos críticos que busquem a superação das mazelas oriundas do sistema capitalista, pois entende que este trás como pano de fundo uma proposta pedagógica difusora dos ideais presentes nas correntes pedagógicas liberal-burguesas. Desta forma, a proposta de pedagógica de Célestin Freinet defende a concepção de uma pedagogia popular com o intuito de superação da exploração, exclusão e desigualdade social proporcionada pelo sistema capitalista.

Palavras- chave : Célestin Freinet; Concepção de professor; Pedagogia Popular.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.