O ENSINO DO VOLEIBOL NA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR: UMA EXPERIÊNCIA NO PIBID/EDUCAÇÃO FÍSICA/UNIUBE

Aaron Crosara Magalhães Sousa, Elton Campos Berderino, Ewerton Junio Costa, Silas Queiroz Souza

Resumo


Desde o final da década de 1990, diferentes propostas metodológicas para o ensino dos esportes coletivos (GRECO, 1998; PAES e BALBINO, 2005) tem sido apresentadas como forma de superar o modelo de ensino tradicional. O que temos observado é que o modelo tradicional de ensino privilegia a questão da sobrecarga de trabalho prático, muitas vezes exercida na busca do desenvolvimento técnico de habilidades, sem transferência para o jogo. Na perspectiva desses autores, há um consenso de que esse modelo tradicional, caracterizado também pela especialização e competição precoce, tenha sido considerado como responsável pela falta de criatividade dos praticantes, ocasionando, também, o afastamento de crianças e jovens das quadras esportivas, seja nas escolas, em clubes ou em outros ambientes que ofereçam a prática esportiva. É preciso considerar que, em função dos estilos de vida adotados pela sociedade atual, a falta de atividade física para crianças e adolescentes tenha contribuído para o empobrecimento do repertório motor desses jovens.

Texto completo: PDF

Apontamentos