Professor em atividade de ensino: pressupostos teórico-metodológicos da Teoria Histórico-Cultural da Atividade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.31496/rpd.v21i46.1415

Resumo

Esta pesquisa discorre sobre elementos acerca do professor em atividade de ensino a partir dos pressupostos teórico-metodológicos à luz da Teoria Histórico-Cultural da Atividade. Teve por objetivo compreender como as unidades formadoras das estruturas subjetivas da consciência se formam com a estrutura da atividade humana a partir do desenvolvimento do indivíduo e da consciência inferindo sobre a aprendizagem. Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo bibliográfica realizada em artigos, livros, teses e dissertações. Nessa proposta, o texto discorre sobre as potencialidades da Teoria Atividade - necessidade, motivos, objetivos, ações e operações; possibilita o desenvolvimento do psiquismo dos sujeitos que a realizam. Dessa forma, a mediação e a qualidade do repertorio da atividade de ensino deve ser fundamentada com planejamento e desenvolvida a fim de possibilitar que o sujeito singular se aproprie da experiência humana genérica na direção do pensamento teórico.

Biografia do Autor

Ronualdo Marques, Universidade Federal do Paraná (UFPR)

Doutorando em Educação na Universidade Federal do Paraná (UFPR), Mestre em Ensino de Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Formação Científica, Educacional e Tecnológica pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e Graduado em Pedagogia pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER), com Licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO).

Carlos Eduardo Fortes Gonzalez, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Doutor em Educação pela Universidad de la Empresa, Montevideo, com título reconhecido pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. Tem Pós-doutorado pelo Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciência e Tecnologia na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Claudia Regina Xavier, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Doutora em Ciências Ambientais pela Universidade de Concepción- Chile, Mestre em Química pela Universidade Federal do Paraná (1998), tendo cursado Licenciatura e Bacharelado em Química pela mesma instituição. Participou em Treinamento Avançado em Instrumentos de Gestão Ambiental em Hamburgo - Alemanha. É Professora Titular da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Referências

ALAVARSE, Ocimar Munhoz. A organização do ensino fundamental em ciclos: algumas questões. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro, v. 14, n. 40, p. 35-50, abr. 2009.

ALMEIDA, Leandro. Cognição e aprendizagem: Como a sua aproximação conceptual pode favorecer o desempenho cognitivo e a realização escolar. Psicologia: Teoria, Investigação e Prática, v. 1, p. 17-32, 1996.

ASBAHR, Flávia da Silva Ferreira. A pesquisa sobre a atividade pedagógica: contribuições da teoria da atividade. Revista Brasileira de Educação, v. 29, p. 108-118, 2005.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é Educação. 33. ed. São Paulo: Brasiliense, 2002.

CARRARO, Marci Derli. Subsídios teórico-metodológicos para o planejamento da ação docente. In: O professor PDE e os desafios da escola pública Paranaense: produção didático-pedagógica, v. II. 2012.

CEDRO, Wellington Lima; MORAES, Silvia Pereira Gonzaga; ROSA, Josélia Euzébio. A atividade de ensino e o desenvolvimento do pensamento teórico em matemática. Ciênc. Educ. (Bauru), Bauru, v. 16, n. 2, p. 427-445, 2010.

DAVIDOV, Vasily Vasilovich. Análisis de los principios didácticos de la escuela tradicional y posibles principios de enseñanza en el futuro próximo. In: SHUARE, Marta (Org.). La Psicologia evolutiva y pedagógica em la URSS: antologia. Moscou: Progeso, 1987. p. 143-142.

DAVIDOV, Vasily Vasilovich. La actividad de estúdio en la edad escolar inicial. In: La ensenãnza escolar y el desarrollo psíquico: Investigación psicológica, teórica y experimental. Moscou, Editorial Progreso. 1988b.

DAVIDOV, Vasily Vasilovich. La enseñanza escolar y el desarrollo psíquico. Moscou: Progreso, 1988.

DAVIDOV, Vasily Vasilovich. Problemas del desarrollo psiquico de los ninõs. In: La ensenãnza escolar y el desarrollo psíquico: investigación psicológica, teórica y experimental. Moscou, Editorial Progreso. 1988a.

DENZIN, Normam; LINCOLN, Yonna. Introdução: a disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In: DENZIN, Normam; LINCOLN, Yonna. (Orgs.). O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. 2 ed. Porto Alegre: Artmed, p. 15-41. 2006.

EIDT, Nadia Mara, DUARTE, Newton. Contribuições da teoria da atividade para o debate sobre a natureza da atividade de ensino escolar. Psicol. Educ., São Paulo, n. 24, p. 51-72, jun. 2007.

ENGESTRÖM, Yrjo; MIETTIENEN. “Introduction”. In: ENGESTRÖM, Yrjo. et al. (ed.). Perspectives on Activity Theory. Cambridge: Cambridge University Press, p.1-16, 1999.

GASPARIN, João Luiz. Uma didática para a pedagogia histórico-crítica. 3. ed. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2005.

GUNTHER, Hartmut. Pesquisa qualitativa versus pesquisa quantitativa: esta é a questão? Psic.: Teor. e Pesq., Brasília, v. 22, n. 2, p. 201-209, aug. 2006.

LEONTIEV, Alexis. Actividade, conciencia, personalidad. Habana, Editorial Pueblo y Educación, 1975.

LEONTIEV, Alexis. El dessarrollo psíquico del niño en la edad preescolar. In: ILIASOV, Islam I.; LIAUDIS, ValentinaYakovlevna. Antología de la psicologia y de las edades. Ciudad de La Habana: Pueblo y Educación, 1987.

LEONTIEV, Alexis. O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa, Livros Horizonte, 1978.

LEONTIEV, Alexis. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VYGOTSKY, Lev Semionovitch; LEONTIEV, Alex;

LURIA, Alexander Romanovich. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 9. ed. São Paulo: Ícone, 2001.

LEONTIEV, Alexis. Uma contribuição à teoria do desenvolvimento da psique infantil. In: VYGOTSKY, Lev Semionovitch; LEONTIEV, Alex; LURIA, Alexander Romanovich. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone editora, p. 59-83, 1988.

LEONTIEV, Alexis. Uma Contribuição para a Teoria do Desenvolvimento da Psique Infantil. In: VYGOTSKY, Lev Semionovitch; LEONTIEV, Alex; LURIA, Alexander Romanovich. Linguagem, Desenvolvimento e Aprendizagem. São Paulo: Ícone/Edusp, 1989.

LIBÂNEO, José Carlos. O planejamento escolar. In: Didática. São Paulo: Cortez, p. 221-247, 1994.

LIBÂNEO, José Carlos; FREITAS, Raquel Aparecida Marra da Madeira. Vygotsky, Leontiev, Davidov – três aportes teóricos para a teoria histórico-cultural e suas contribuições para a didática. In: IV CONGRESSO BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO. 2006. Anais... Goiânia, 2006.

LIPMAN, Matthew. Natasha: diálogos vygotiskianos. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

MARX, Karl. O Capital. São Paulo. SP: Boitempo, 2013.

MELLO, Suely Amaral. Infância e humanização: algumas considerações na perspectiva histórico-cultural. In: Revista Perspectiva, Florianópolis, jan./jun, v. 25, n. 1, p. 83-104, 2007.

MORETTI, Vanessa Dias; ASBAHR, Flávia da Silva Ferreira; RIGON, Algacir José. O humano no homem: os pressupostos teórico-metodológicos da teoria histórico-cultural. Psicol. Soc., Florianópolis, v. 23, n. 3, p. 477-485, dez. 2011.

MOURA, Manoel Oriosvaldo. A atividade de ensino como ação formadora. In: CASTRO, A. D.; CARVALHO, A. M. P. (Orgs.). Ensinar a ensinar: didática para a escola fundamental e média. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, p. 143-162, 2001.

MOURA, Manoel Oriosvaldo. A atividade de ensino como unidade formadora. Bolema, Rio Claro, v. 12, p. 29-43, 1996.

MOURA, Manoel Oriosvaldo. et al. Atividade orientadora de ensino: unidade entre ensino e aprendizagem. Rev. Diálogo Educ., Curitiba, v. 10, n. 29, p. 205-229, jan./abr. 2010.

MOURA, Manoel Oriosvaldo. O educador matemático na coletividade de formação: uma experiência com a escola pública. 2000. 131f. Tese (Livre Docência) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2000.

MOURA, Manoel Oriosvaldo. Saberes pedagógicos e saberes específicos: desafios para o ensino de Matemática. In: ENCONTRO NACIONAL DE DIDÁTICA E PRÁTICA DE ENSINO, 13, 2006, Recife. Anais... Recife: UFPE, p. 489-504, 2006.

NÚÑEZ, Isauro Beltrán. Vygotsky, Leontiev e Galperin: formação de conceitos e princípios didáticos. Brasília: Liber Livro, 2009.

OLIVEIRA, Marta Kohl. Aprendizado e desenvolvimento: um processo sócio-histórico. São Paulo: Scipione, 1997.

PALANGANA Campaner, Isilda; GALUCH Terezinha Bellanda, Maria; SFORNI Sueli de Faria, Marta. Acerca da relação entre ensino, aprendizagem e desenvolvimento. Revista Portuguesa de Educação. Universidade do Minho: Braga, Portugal, v. 15, n. 1, p. 111-128, 2002.

PALANGANA, Campaner, Isilda. A concepção de Lev Semynovitch Vygotsky; pressupostos filosóficos e epistemológicos. In: Desenvolvimento e aprendizagem em Piaget e Vygotsky: a relevância do social. São Paulo: Summus, 2001, p.106-124, 2001.

PANOSSIAN, Maria Lúcia et al. Relações entre movimento histórico e lógico de um conceito, desenvolvimento do pensamento teórico e conteúdo escolar. In: MOURA, Manuel O. de (Org). Educação escolar e pesquisa na teoria histórico-cultural. São Paulo: Edições Loyola, 2017.

ROSÁRIO, Pedro. Motivação e aprendizagem: Uma rota de Leitura. In: TAVEIRA, Maria do Céu (Coord.). Temas de psicologia escolar. Contributos de um projecto científico-pedagógica. Coimbra: Quarteto Editora, 2005.

SAVIANI, Dermeval. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 7. ed. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2000.

SFORNI, Marta Sueli de Faria. Aprendizagem conceitual e organização do ensino: contribuições da teoria da atividade. Araraquara: JM, 2003.

SFORNI, Marta Sueli de Faria. Aprendizagem e desenvolvimento: o papel da mediação. In: CAPELLINI, Vera Lúcia M. F.; MANZONI, Rosa Maria. (Orgs.). Políticas públicas, práticas pedagógicas e ensino-aprendizagem: diferentes olhares sobre o processo educacional. 1. ed. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2008.

SHUELL, Thomas. Cognitive conception of learning. Review of Educational Psychology, v. 56, n. 4, p. 411- 436, 1986.

SILVA, Viviane Costa; GÓES, Mariza Barcellos; PINTO, Márcia Maria Fusaro. Teoria da Atividade: Possibilidades para a Educação nos Cursos de Engenharia e Arquitetura. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EDUCAÇÃO EM ENGENHARIA. Anais. Curitiba, 2007.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Aprendizagem e desenvolvimento intelectual na idade escolar. In: LURIA, Alexander Romanovich;

LEONTIEV, Alex; VYGOTSKY, Lev Semionovitch. (orgs). Psicologia e Pedagogia: bases psicológicas da aprendizagem e do desenvolvimento. São Paulo, Moraes, 1991.

VIGOTSKI, Lev Semionovitch. Psicologia Pedagógica. Porto Alegre: Artmed, 2003.

VYGOTSKY, Lev Semionovitch. Formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1988.

VYGOTSKY, Lev Semionovitch. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: ícone/Edusp, 1988.

VYGOTSKY, Lev Semionovitch. Pensamento e linguagem. São Paulo: Livraria Martins Fontes, 1991.

Downloads

Publicado

2021-09-03

Como Citar

Marques, R., Gonzalez, C. E. F., & Xavier, C. R. (2021). Professor em atividade de ensino: pressupostos teórico-metodológicos da Teoria Histórico-Cultural da Atividade. Revista Profissão Docente, 21(46), 01–22. https://doi.org/10.31496/rpd.v21i46.1415